ELITE PRÉ-VESTIBULAR CAMPINAS - o cursinho ideal para quem vai enfrentar vestibulares de elevada concorrência: FUVEST, UNICAMP, UNESP, UNIFESP, UFSCar, ITA, ENEM...

O INÍCIO DE UMA CARREIRA DE SUCESSO

Turma Medicina 2004

“Encontrem seu jeito de estudar, e mesmo depois de serem aprovados na segunda fase, continuem firmes, pois vocês ainda não estarão lá.”

Leandro desistiu de Medicina para estudar Física e Matemática e passa agora algumas dicas de como se preparar para as provas do final do ano.

  • ELITE:

    Você foi aprovado na UNICAMP, no Cursão (Física/Matemática/Matemática Aplicada), na UFSCar em Matemática, na FUVEST em Matemática (tendo obtido 7o LUGAR) e na UNESP em Matemática (9o LUGAR). Por qual Faculdade você optou? Qual curso?

  • Leandro:

    Optei pela UNICAMP, no curso Física/Matemática/Matemática Aplicada. Futuramente, no decorrer do curso, irei para a Matemática Aplicada.

  • ELITE:

    Como foi o seu resultado no Vestibular?

  • Leandro:

    Foi, na minha opinião, excelente! Fui aprovado em todas as universidades em que prestei vestibular. Além de que fiquei surpreso com o resultado da USP (7o lugar), sendo que antes de prestar a primeira fase, eu estava quase desistindo de fazer a prova, já que eu considerava a mais difícil!

  • ELITE:

    Como você se organizou para estudar?

  • Leandro:

    O meu método de estudo é diferenciado de muitos outros que eu vejo por aí. Eu prefiro ler a teoria, entender e fazer um resumo desta a fazer os exercícios propriamente ditos. No caso de física e matemática, que eram as matérias com mais "peso", eu dava uma ênfase maior, já que estas me levariam mais adiante na concorrência. Eu também me preocupava bastante com detalhes na parte de história e literatura. Quanto às outras matérias eu estudava quando sentia necessidade. Já na tão temida redação, eu sempre fui bem, então me preocupava mais em me concentrar na parte do "esqueminha” montado com todas as idéias que iriam estar na minha redação".

  • ELITE:

    Quantas horas você estudava por dia ou por semana?

  • Leandro:

    Eu seguia o meu jeito. Estudava cerca de 17 horas por semana fora dos horários das aulas.

  • ELITE:

    Em quais matérias você teve que batalhar mais?

  • Leandro:

    Batalhei mais em química, já que é uma matéria que não gosto nem um pouco. Mesmo assim devo assumir que meus esforços nessa parte serviram para pouca coisa.

  • ELITE:

    Você fazia todos os simulados? Como era seu desempenho?

  • Leandro:

    Eu fazia poucos simulados. Achava que estes me atrapalhavam de uma certa maneira, fosse fisicamente (cansaço), fosse psicologicamente (pensamentos negativos quanto à não aprovação no fim do ano).

  • ELITE:

    Você usava o plantão de dúvidas?

  • Leandro:

    Muito pouco, coisa que hoje eu lamento, mesmo tendo sido aprovado.

  • ELITE:

    Você leu todas as leituras obrigatórias?

  • Leandro:

    Não, apenas li algumas, e com relação às outras eu compareci às aulas, li resumos e comentários.

  • ELITE:

    Você aproveitou todas as aulas extras que o Elite te ofereceu?

  • Leandro:

    Sim, principalmente as de revisão para a segunda fase.

  • ELITE:

    Quais as principais dificuldades que você enfrentou nos estudos?

  • Leandro:

    Romper com a tendência à comodidade e com o "jeitinho brasileiro" de sempre deixar para depois.

  • ELITE:

    Qual foi a sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados?

  • Leandro:

    Espetacular! Fiquei sem reação, parecia não ser comigo, fiquei paralisado, sorrindo feito bobo... Foi umas das melhores coisas que já aconteceu na minha vida. Recomendo a todos!

  • ELITE:

    Na sua opinião, quais foram os pontos fortes do Elite?

  • Leandro:

    Espírito de grupo; professores excelentes; incentivo, apoio e ajuda sempre que busquei.

  • ELITE:

    Qual foi a importância do cursinho Elite em sua vida e em sua experiência em relação ao vestibular?

  • Leandro:

    Conheci muitas pessoas, das quais tirei boas amizades (inclusive minha namorada). Quanto à experiência no vestibular, eu creio que nada melhor do que adquiri-la ao vivo, por você mesmo, afinal cada um tem um jeito, uma reação e uma maneira de seguir em frente.

  • ELITE:

    Na sua opinião, quais foram seus maiores erros e os seus maiores acertos em relação aos estudos no ano passado?

  • Leandro:

    Erros: Não comparecer aos plantões de dúvidas e não me esforçar mais em determinadas áreas. Acertos: Encontrar meu jeito de aprender e acreditar que é possível. Isto foi sem dúvida o meu maior acerto.

  • ELITE:

    Qual dica ou recomendação de estudo você daria para o pessoal que está fazendo cursinho esse ano?

  • Leandro:

    Acreditem em vocês, este é o primeiro passo. Não desistam. Façam a escolha certa, mesmo que isso demore um pouco mais (assim como eu que fui paciente e de medicina mudei para matemática / física, curso que hoje eu adoro). Encontrem seu jeito de estudar, e mesmo depois de serem aprovados na segunda fase, continuem firmes, pois vocês ainda não estarão lá. Lembrem-se disso.

siga o elite

  • Horários de atendimento:

  • (19) 3251 1012
  • Segunda a Sexta: 8h às 21h
  • Sábados: 8h às 15h

Rua Luís Otávio, 2535, Mansões Santo Antônio - Campinas - SP