ELITE PRÉ-VESTIBULAR CAMPINAS - o cursinho ideal para quem vai enfrentar vestibulares de elevada concorrência: FUVEST, UNICAMP, UNESP, UNIFESP, UFSCar, ITA, ENEM...

O INÍCIO DE UMA CARREIRA DE SUCESSO

Turma Engenharia 2005

“Estudo freqüente vale mais do que estudo excessivo esporádico. Estudar um pouco por dia não cansa e não deixa a matéria sumir da cabeça.”

Após um ano e meio de faculdade de Jornalismo a Carolina percebeu que não era aquela a carreira dos seus sonhos. Diante disso ela resolveu enfrentar novamente o vestibular. Após um ano de muita dedicação ela foi aprovada em todos os vestibulares que prestou, e em excelentes colocações! Veja a seguir um pouco do ano de estudos dela.

  • ELITE:

    Em quais universidades você foi aprovada e em quais cursos?

  • Carolina:

    Fui aprovada em Engenharia na POLI-USP, em Engenharia de Produção na Unesp e na Ufscar, e em Engenharia Química na Unicamp.

  • ELITE:

    Por qual Faculdade você optou?

  • Carolina:

    Eu optei por Engenharia Química na Unicamp

  • ELITE:

    O que você achou do seu resultado no Vestibular? Você está satisfeita?

  • Carolina:

    Estou satisfeita. Passei em todos os vestibulares que prestei e em boas colocações (A Carolina foi aprovada em 7º lugar na Unicamp, em 11º na Unesp e em 5º na UFSCar nos cursos que prestou). Ter o privilégio de escolher onde estudar é mais do que satisfatório, é o sonho de qualquer vestibulando.

  • ELITE:

    Como era seu método de estudo? Quantas horas você estudava por dia ou por semana?

  • Carolina:

    Além das horas de cursinho, estudava cerca de 3 a 4 horas por dia. Nada mais. Às vezes, apenas, no caso de eu não ter estudado em um dia, eu compensava no outro. Aprendi que estudo freqüente vale mais do que estudo excessivo esporádico. Estudar um pouco por dia não cansa e não deixa a matéria sumir da cabeça.

  • ELITE:

    Em quais matérias você teve que batalhar mais?

  • Carolina:

    Como eu fiz um ano e meio de jornalismo antes de desistir para prestar Engenharia, tive de dar atenção especial às exatas para relembrar tudo. E, como eu estava em mais contato com as humanas, não me dediquei tanto assim. No entanto, por eu ter prestado Engenharia, sei que o conhecimento prévio em humanas, principalmente para a Redação, foi fundamental para eu atingir minhas aprovações.

  • ELITE:

    Você fazia todos os simulados? Como era seu desempenho nos simulados?

  • Carolina:

    Fiz a grande maioria dos simulados. Obtive desempenho acima da média em todos eles. No entanto, em todos os simulados, eu obtive notas menores do que no vestibular de verdade. Em muito isso se deve ao nível de dificuldade imposto pelo ELITE. Esse detalhe foi importante para que eu chegasse às provas com mais tranqüilidade.

  • ELITE:

    Você usava o plantão de dúvidas? Comente.

  • Carolina:

    Utilizei muito pouco os plantões por ter uma tendência ao autodidatismo.

  • ELITE:

    Você leu todos os livros obrigatórios?

  • Carolina:

    Li a grande maioria, mas li muitos resumos e resenhas analíticas para apurar meu senso crítico a respeito dos enredos.

  • ELITE:

    Quais as principais dificuldades que você enfrentou nos estudos?

  • Carolina:

    Cansaço, stress antes das provas, um pouco de saturação. Mas, como eu disse, ao administrar meu horário para estudar apenas um pouco, mas todos os dias, o stress mental diminuiu bastante.

  • ELITE:

    Qual foi a sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados?

  • Carolina:

    Alívio total. Tal como se tivessem me tirado uma bigorna de 100 quilos das costas.

  • ELITE:

    Na sua opinião, quais foram as principais contribuições do Elite para a sua aprovação?

  • Carolina:

    A alta carga horária, os simulados rígidos, professores extremamente competentes e que souberam passar aos alunos um conhecimento que transcendia o vestibular em si.

  • ELITE:

    Quais foram seus maiores erros e os seus maiores acertos em relação aos estudos no ano passado?

  • Carolina:

    No começo, estudava muitas horas por dia, até 11 horas da noite, e esse ritmo acabou comigo em 1 mês. Depois de administrar melhor meu horário, as coisas melhoraram muito. Meu maior acerto eu ainda acho que foi fazer resumos de todas as matérias, de modo que, na reta final, eu apenas lia os resumos e resolvia provas antigas. Foi uma forma de melhor organizar todo o conteúdo na minha cabeça.

  • ELITE:

    Qual a dica ou recomendação de estudo que você faria para o pessoal que está fazendo cursinho esse ano?

  • Carolina:

    Administre seu tempo. Faça um plano de estudos de forma a manter seu lazer e seus estudos de maneira harmoniosa, sem curtir demais no começo e se matar no final. É possível passar no vestibular sem viver apenas abraçado com os livros. O descanso é fundamental para fixar a matéria na memória. E, se você tiver paciência, a dica de resumir a matéria inteira no começo é muito útil para facilitar as coisas na reta final. Boa sorte!

siga o elite

  • Horários de atendimento:

  • (19) 3251 1012
  • Segunda a Sexta: 8h às 21h
  • Sábados: 8h às 15h

Rua Luís Otávio, 2535, Mansões Santo Antônio - Campinas - SP