ELITE PRÉ-VESTIBULAR CAMPINAS - o cursinho ideal para quem vai enfrentar vestibulares de elevada concorrência: FUVEST, UNICAMP, UNESP, UNIFESP, UFSCar, ITA, ENEM...

O INÍCIO DE UMA CARREIRA DE SUCESSO

Turma Medicina 2008

"O material e o corpo docente do Elite são muito bons, mas a maior contribuição do Elite para a minha aprovação foi a disciplina que ele exige e o clima de estudo existente entre os alunos. O Elite exige um ritmo de estudo muito forte para acompanhar as aulas e os simulados. Isso foi decisivo para o meu sucesso. Outro fator que também influenciou muito foram os simulados semanais."

  • ELITE:

    Quais vestibulares você prestou e em quais foi aprovado?

  • André:

    Prestei Medicina na PUCC, UFSC, UNESP, UFSCAR, UNIFESP, USP, UNICAMP Aprovações: UNICAMP, FUVEST, UNESP, UNIFESP, UFSC, PUCC. Lista de Espera: UFSCAR

  • ELITE:

    O que você achou do seu resultado no Vestibular? Você está satisfeito ?

  • André:

    Passei em cursos bastante concorridos, logo, estou satisfeito.

  • ELITE:

    Como era seu método de estudo? Quantas horas você estudava por dia ou por semana?

  • André:

    Tive poucas faltas, tentava participar e prestar bastante atenção nas aulas e revisava a matéria em casa à tarde (em média 4 horas diárias).

  • ELITE:

    Em quais matérias você teve que batalhar mais?

  • André:

    Português, Geografia e História.

  • ELITE:

    Você fazia todos os simulados? Como era seu desempenho nos simulados?

  • André:

    Fiz a maioria dos simulados, e fiquei entre os primeiros na maioria.

  • ELITE:

    Você usava o plantão de dúvidas? Comente.

  • André:

    Apenas para redação, era a matéria que eu mais precisava de assistência. Os plantões realmente me ajudaram. Quanto às outras matérias resolvia as dúvidas com os colegas de sala.

  • ELITE:

    Quais foram as principais dificuldades que você enfrentou nos estudos?

  • André:

    A maior dificuldade foi a de manter o foco nos estudos, deixando a vida social, de certa forma, em segundo plano.

  • ELITE:

    Qual foi a sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados?

  • André:

    Tão grande como a sensação de alegria foi a de leveza, de alívio, de tranquilidade diante de um futuro um pouco mais definido.

  • ELITE:

    Na sua opinião, quais foram as principais contribuições do Elite para a sua aprovação?

  • André:

    O material e o corpo docente do Elite são muito bons, mas a maior contribuição do Elite para a minha aprovação foi a disciplina que ele exige e o clima de estudo existente entre os alunos. O Elite exige um ritmo de estudo muito forte para acompanhar as aulas e os simulados. Isso foi decisivo para o meu sucesso. Outro fator que também influenciou muito foram os simulados semanais.

  • ELITE:

    Na sua opinião, quais foram seus maiores erros e os seus maiores acertos em relação aos estudos no ano passado?

  • André:

    Em alguns momentos do ano deixei os estudos em segundo plano, por conta da minha vida social, por problemas pessoais e até mesmo por preguiça. Mas acredito que, apesar de alguns desvios, realmente me esforcei para alcançar essa meta. Com relação aos estudos, mais especificamente, o meu maior erro foi o de não fazer redações ao longo do ano e ser obrigado a recuperar o tempo perdido nos dois meses que precediam as provas. Mas contei com a sorte de ter uma boa base da escola e uma boa orientação. Com relação aos meus acertos, acho que o mais importante foi cuidar da minha saúde física e mental fazendo e mantendo amizades, que me apoiaram em diversos momentos ao longo do ano, e praticando esportes.

  • ELITE:

    Qual a dica ou recomendação de estudo que você daria para o pessoal que está fazendo cursinho esse ano?

  • André:

    Acredito que cada indivíduo seja capaz de encontrar o ritmo de estudo necessário para alcançar os seus objetivos. No meu caso, o mais importante foi ter uma meta bem clara que era passar no vestibular. Por mais que eu não tivesse certeza que medicina fosse o curso certo para mim ou em qual faculdade gostaria de estudar, eu tinha a certeza de que o vestibular era um obstáculo a ser transpassado para que eu pudesse evoluir profissionalmente e socialmente, e isso foi o suficiente para que eu mantivesse o foco. Logo, acredito que o mais importante para atingir uma meta é enxergá-la claramente e ter sinceridade consigo mesmo, para explorar suas habilidades e compensar as fraquezas.

siga o elite

  • Horários de atendimento:

  • (19) 3251 1012
  • Segunda a Sexta: 8h às 21h
  • Sábados: 8h às 15h

Rua Luís Otávio, 2535, Mansões Santo Antônio - Campinas - SP